domingo, 9 de dezembro de 2007

Arcoverde






O concerto de hoje será em Arcoverde...
Aqui na cidade há também uma associação de artesãos bem legal. Sula, nossa expert em artesanato, fez a festa, e eu também me rendi e comprei umas besteirinhas, além de bater um longo dedo de prosa com a vendedora Ana, ela mesma uma artesã. As coisas de que mais gostamos foram feitas por um senhor local de 83 anos. Sula ainda tentou ir visitá-lo em sua casa, mas ele havia saído. Ainda assim ela fez algumas boas fotos, lá. (as moças de vermelho na foto são da cooperativa de artesãos)Aliás, as fotos de Arcoverde, são, mais uma vez, de autoria da nossa fotógrafa craque.


PS: Paulinha, você definitivamente tem a quem puxar! (Para quem não sabe, a filha da Sula e do Mario, Paula Kossatz, é uma fotógrafa profissional maravilhosa, aliás responsável pelas fotos de divulgação do Re-Toques.)

7 comentários:

Cristina disse...

Laura
Onde estava a plava do otimista Orlando? É demais!

cristina disse...

Plava não, placa.

jaqueline martins disse...

Como eu amo artezanato, faço muitas coisas para mim.Até as cortinas da minha casa, eu mesmo faço. Eu ficaria doida nessas cidades cheias de artezãos, se não pudesse comprar, porque não ia ter como carregar.
Mas pelo que vejo, a Sula não está preocupada com o peso, está fazendo suas comprinhas básicas. A casa dela vai ficar mais bonita.
Como disse a Renata, depois dessa viagem, e dos elogios feitos a residência da Sula, gostaríamos de ver umas fotinhas do lar doce lar dela
bjs prôces.

Layla disse...

linda árvore florida...
que cavalinho bonitinho na calçada!
Muito boas as fotos, Paula!

jaqueline martins disse...

Eu gosto desse jeito das pessoas, que mesmo não tendo grana, para ter uma casa decorada com objetos caros, não se abatem e usam a sua imaginação para transformar o seu cantinho, num lugar especial para si e para sua família, onde seus amigos possam ir e se sentirem felizes. E as vezes vc vai numa casa dessas, e se sente tão bem, que entende que uma casa bonita precisa ter uma alma, precisa falar de seus moradores, mesmo que seja através de flores artificiais na varanda, ou paredes pintadas com cal colorido.

renata v.n. disse...

Laura:
Essa plaquinha 'tá o máximo!Gostei foi do "passar POR longe", pois o "pecimista" nem choca tanto: afinal, TODOS sabemos que só faltou -mesmo- foi o cedilha!(rs!).
Lindo o cavalinho branco: tomara que derrube o cavaleiro na primeira chance,pois o infeliz selou muito apertado!
A árvore tb. 'tá linda:será flamboyant?
Vamos perguntar à nossa expert em flores e afins, a JAQUELINE, que aliás tb.tem que contar pq.acordou tão eloqüente e poética neste domingo,'vc notou,Laura?
(Aí,Jaq,o sábado à noite foi "tudíbom"?).Desculpem a brincadeira.Bjs,Renata.

jaqueline martins disse...

Está parecendo Flamboyant sim. Ah Renata, as minhas noites sempre são tudibom, eu durmo muito bem acompanhada! Hahahahahahahahha! Mas eu sou assim mesmo, acordo sempre bem, raramente estou mal humorada.