quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Faltou contar

que depois do concerto em Vitória da Conquista, Sula entabulou o maior papo com o Nozinho e o Andrade, sanfoneiro de lá. E contou que há tempos estava atrás de um acordeon, mas era difícil achar um que fosse do tamanho apropriado e tivesse o som bonito e doce. Aí eles resolveram o problema: um tinha uma loja de música, onde havia 8 acordeons, o outro, sanfonista de mão cheia, podia dar assessoria técnica à Sula. De manhã cedinho apareceram lá no hotel, levaram a Sula para a loja... resumindo: Sula adquiriu mais um instrumento para a coleção!

15 comentários:

Boa Idéia disse...

Donde se conclui que: ainda bem que a turnê acabou...
Já pensou se a Sula ainda fosse a mais alguns lugares?

Layla disse...

que legal, Sula. Eu gosto muito de ouvir músicas tocadas em acordeon. Minha mãe tinha um Hohner e tocava sempre.

Layla disse...

FELIZ ANO NOVO para voces todos.

Vivi Warrak disse...

Laura e pessoal do blog, eu acompanhei toda a aventura desde o início, mas fiz somente dois ou três comentários, apesar de ter adorado todas as histórias. Venho agora desejar a todos vocês e a você em especial Laura, um ótimo 2008. Que papai do céu traga muita saúde, paz, esperanças renovadas e alegrias de todos os tipos para todos nós.
Espero que você continue a escrever, pois descobri que escrever bem é de família.
Um grande beijo e um grande 2008!!

cristina disse...

E aí, laura? O que tinha nas garrafas PET?

laura r. disse...

Cristina, não tenho a menor idéia! Perguntei porque eu também fiquei curiosa...Tirei a foto da van...

laura r. disse...

Layla e Vivi
Muito obrigada! Um ótimo ano para vocês também...

cristina disse...

Laura
Vai ter apresentação do Re-toques aqui no Rio?

Anônimo disse...

Repassando o roteiro "calcinado" do Re-Toques em Pernambuco, dou algumas referências diferentes: Buíque, por exemplo, é ricamente descrito nas reminiscências de Graciliano Ramos - foi lá que ele viveu a infância; de Garanhuns saiu Lula, menino; de Panelas, pertinho de Garanhuns, saiu João Donato, músico; de Juazeiro, vizinho a Petrolina, saiu João Gilberto, músico; de Surubim saíram Chacrinha, o velho guerreiro, e Capiba, músico; de Triunfo deve ter saído Timothy Leary...
(Daniel)

Anônimo disse...

Corrigindo informação vizinha: João Donato não saiu de Panelas, saiu de Rio Branco-AC.
(Daniel)

Ju Ronai disse...

ah mami!
achei que era um enigma e que no final vc ia contar a resposta das garrafas pet e seria qualquer coisa de surpreendente e fantastico! que decepção! agora quero saber!


Olha, eu sei que agora que ela voltou ela quase não escreve mais no blog, o que deixa todo mundo chateado.
Mas que eu amo ter a minha mami-pucca pra sssitir filme no dvd de madrugada....isso eu amo!

Renata VN disse...

Sra.Dna.Laura Rónai: (!)
Eu estou vindo lá do post das garrafas pet, e agora dou de cara com essa sua resposta,e não sei se primeiro eu rio ou se saio correndo atrás de você,rsrsrs! Bonito,hein?!'Tá se vendo que nunca passou num subúrbio ou na zona norte, onde grassam tais "micro-empresários".É claro que são desinfetante,detergente,água sanitária...ôôôooo,Laura...

Ju:
Aproveita bem que a mami voltou mesmo,e vampiriza bastante pra compensar o tempo que ela ficou na vida do cangaço!rsrsrs,qué,qué,qué...hehehe...
Se quiser agradá-la, faça de surpresa uma saladinha de... de...de...
COENTRO com coentro!!!

jaqueline martins disse...

Oi Laura, fiquei sem internet desde o Natal, mas meu genro que é tecnico, trocou o modem e agora está tudo em ordem. Vou mandar meu endereço por e-mail. Desejo a vc e sua família,um ano novo cheio de alegrias e realizações, tudo de bom e mais um pouco. Mande um beijo pra Jú e pro gatoGui. Gostei muito de ter vc como uma nova amiga. Bjs e um grade abraço.

Mas não some não, tenho certeza que vc é uma mulher criativa, e vai poder continuar com o blog, vamos torcer!!

Mande também bjs. para o Mário, para a Sula e para o Helder, a trupe mais corajosa e intrépida de 2007!!

Renata VN disse...

Sula:

Eu estou aqui imaginando se você vai ter que fazer "um puxadinho"rs aí na sua casa, pra caberem todas compras da viagem!!!
P.S.-Acordeon não é muito pesado?
Acho que o máximo que eu agüentaria carregar/tocar seriam aquelas(cujo nome não sei)que os italianos usam nas festas tocando tarantelas(amo a alegria deles!), ou aquelas infantis com que as crioncinhas infernizam os pais com seus acordes dissonantes(tive uma!).
Bjs, e bom regresso ao lar.
Renata VN

Boa Idéia disse...

Hoje não vou fazer comentário. Passei por aqui para desejar a vocês e respectivas famílias um novo ano com muita saúde, paz e alegrias.Tem um cartão para todos lá no Flickr, é só clicar no meu nick.