quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Concerto em Belo jardim





O SESC decidiu fazer o concerto de Belo Jardim no teatro local, que fica na antiga fábrica de Mariolas, que agora abriga o teatro e um pátio destelhado lindíssimo, onde ainda estão as antigas máquinas da fábrica, convivendo com as plantas que lá cresceram ao acaso, criando um ambiente simplesmente espetacular, prontinho para lá fazerem um centro de cultura ótimo, com um investimento bem pequeno. Já fiquei imaginando um café nas ruínas, com uma simpática livraria bem sortida. Falta só um pouquinho de iniciativa. A Ana Flávia, do SESC, me falou que o espaço foi comprado pela fábrica de Baterias Moura (vocês sabiam que esta fábrica é daqui?), e que ela está tentando convencer os novos donos a fazerem uma reforma bacana, que iria dar à cidade um Centro Cultural de respeito. Tomara que ela consiga!

Nossa platéia foi eminentemente jovem e incluiu toda a turma do Coral da empresa Moura, um grupo muito unido e valoroso, que ensaia lá mesmo, no prédio da fábrica de Mariolas. É bom ver gente nova fazendo música com dedicação e entusiasmo.

7 comentários:

Ana Clara disse...

Quelugar charmoso Laura!
Suas fotos estão cada dia melhores e estou adorando a viagem.
Boa noite

Layla disse...

muito legal, ambiente natural, isto é super-super... e gente jovem gostando melhor ainda... que bom Laura. vamos torcer mesmpo para que consigam este Centro Cultural.

adilza cristina disse...

Assistindo o concerto consegui fazer um re-corte na alma. Precisávamos de um show desses pelo menos 1 vez por mês!

Adorei.

jaqueline martins disse...

As baterias Moura, são as melhores mesmo, não é só propaganda não, dura muito. A empresa tem um trabalho social importante, quem sabe, com um pouquinho de insistência, o Centro Cultural sai do papel. Esse lugar é lindo, dá para fazer uma decorção, usando o antigo e o novo, que daria o maior charme. Seria muito bom para a cidade.

cristina disse...

está seno uma troca e tanto essa viagem.

Cora disse...

Ainda que correndo o risco de apanhar, acho que o mundo perde quando uma fábrica de mariolas se transforma em qualquer outra coisa!

(OK, OK, já vou, foi só brincadeirinha!)

Renata V.N. disse...

Laurinha...
Apoio a blogueira anterior:
Queremos mariolas!
Mariola também é cultura! rsrsrs
Tem fotos das mariolas extintas??
Mariolas: coma-as ou deixe-as!!!

(Essa madrugada está longa...).